TeamSpeak da Comunidade:
Ts.haxball.pt

avira

Membro
  • Total de itens

    406
  • Registo em

  • Última visita

  • Days Won

    4

avira foi vencedor do dia em February 20

avira teve o maior número de likes!

Reputação

338 Excellent

Sobre avira

  • Rank
    Advanced Member
  • Data de Nascimento

Últimos Visitantes

463 visualizações
  1. Ent o ubder teve o ano todo a admin sem meter aqui os pes caralho, dps veste se de puta no carnaval do alentejo e voltou bebedo, qd adormecer e mais um ano a plantar favas e feijoes
  2. Sobrio says fsk ao poder shit power
  3. enquanto n houver evolução de ideias de inovação por parte do staff, será esta burra cocha para sempre.
  4. PROVAS MELHOR JOGADOR DE FIFA eu tambem tenho treinado todos os dias desde a 1 ano para ca, sou de longe dos melhores medios mas como o hbpt n vê, nao conta? LOLOLOLOLO
  5. Só espero que sejam tao ativos como têm sido ultimamente.
  6. Antes de mais, quero agradecer-te por teres aceite esta entrevista comigo. Pretendo com esta entrevista, abordar alguns assuntos tanto do passado, como o presente e saber também a tua análise futura quanto ao futuro deste jogo e desta comunidade, que, presumo eu, ainda pouco conheces. De realçar ainda que é um orgulho para mim falar com um dos "históricos" do Haxball em Portugal, contando, já, com passagens por equipas de enorme calibre. Avira Boas Cs1, é com todo o gosto que pretendo responder e clarificar todas as tuas questões. 1 - Aventura-se para ti um novo destino chamado N2E (Native 2 Empire); desafio esse inédito para ti! O que achas da tua entrada numa equipa que, durante vários anos, foi "apelidada" de troll pela maioria dos jogadores portugueses. Como fundador dos N2E, confesso que dei força a esse "status quo", mas, tal aconteceu, pois não via um projeto que pudesse dar a alavancagem necessária para a minha equipa! Na WHF, esses requisitos aproximaram-se muito mais daquilo que é a minha visão a médio/longo-prazo do jogo em si, desde a Prize Pool, passando pela entrada no mundo das apostas; em suma, a profissionalização do Haxball. Descreve-me a atual equipa dos N2E e a sua qualidade de forma a lutar frente a equipas como os míticos White Magic ou os Blue Panthers pelo primeiro lugar; consideras que, devido ao "status quo" que, durante anos, cimentei, podemos ser apelidados de "underdogs"? Ou pela presença de jogadores como Cannon, Peste ou do internacional italiano Rijar, acreditas que as coisas mudem de figura? Avira A minha entrada nos N2E é o começo de uma nova era tanto para a equipa como para mim, novos companheiros, novos títulos a disputar e novas histórias para contar. Sinceramente não tenho informação da vossa forma de jogar in-game no entanto consigo caracterizar alguns dos teus jogadores. Os N2E têm 2 jogadores que conheço bem que são eles, cannon e peste, tal como conheço a forma que jogam. Posso dizer que são ambos jogadores de grande calibre e que com as teorias corretas podem aplicar de forma genial no jogo dos N2E o produto para conquistarmos a liga. Na minha opnião uma equipa é o coletivo e nunca 1 ou 2 jogadores portanto olhando para o plantel e olhando para as características de cada jogador posso dizer que os White Magic e os Blue Panthers não serão difíceis de bater. Claro, agora têm um gajo que se apelida de zlatan e isso é meio caminho para a glória. Underdogs? Nem pensar, nós seremos os dogs que ladram e eles as pessoas que fogem com medo. Posso afirmar que será uma boa segunda volta e posso ainda salientar que serei um jogador chave e que vou destruir este campeonato. 2 - Em muitas entrevistas que dei, evitei falar da nossa comunidade vizinha, HBPT pois acreditava que a WHF pouco ou nada iria ficar a ganhar com esta "Guerra Fria". Todavia, passaram alguns meses e sinto que as coisas acalmaram bastante. Confesso que a minha postura "mudou" (ou melhor dizendo, aperfeiçoou-se) com o passar dos meses, talvez pelo crescimento da mesma, pois senti que não valia a pena meter mais "água na fervura". Foquei-me mais fortemente na WHF e o sucesso tem sido seguido com atenção pela "elite"; refiro-me a malta como tu, Terror, Torto ou o Hulk. Com o espírito crítico que te é caraterístico, aborda quais os nossos pontos mais fortes e mais fracos, e, já agora, aquilo que podemos melhorar, com todos os reparos que achares necessário, inclusive ao próprio fundador da comunidade. Avira Confesso, como tu sabes, que nunca fui apologista de mudança de comunidades e “ guerras civis “ porque a meu ver isso reparte Portugal e acaba por retirar alguma pica ao jogo e ao convívio no entanto posso afirmar agora com certezas que esta foi a melhor escolha que fiz. Como todos sabemos este jogo não evolui logo a obrigação dos “donos” dos fóruns é tornar o jogo apelativo e demonstrar evolução, criar produtos de motivação e elevar a fasquia quanto a publicidades, profissionalizar o jogo etc. Ainda não consigo apresentar vários pontos fortes e fracos pois ainda não analisei totalmente o fórum e o projeto, portanto vou apresentar um ou dois breves pontos fortes, fracos e a melhorar. O ponto forte é a ambição que mostras para que o jogo seja reconhecido, profissional e a capacidade de inovação. As funcionalidades que o fórum apresenta são pontos fortes, em suma tudo é um ponto forte. O único ponto fraco que vi é o facto de o fórum ser bastante complexo, talvez simplificar um pouco as coisas ao estilo da feed me seria mais agradável. A melhorar seriam mesmo as tabelas, melhores marcadores e assistentes. Talvez isto, ao estilo do HBPT que estava excelente no que se refere ao design das tabelas classificativas. 3 - A tua ausência das escolhas de Terror para a League of Nations deixou-me algo surpreso, pois acho que, tal como o próprio Cannon, são os melhores avançados portugueses da atualidade. Consideras que Terror pretende, com escolhas como Jocko, Peste ou MeteRespeito, começar um novo ciclo na Seleção, evitando que a mesma evite a "fama" que "só os amigos do Selecionador é que são convocados". Comenta a convocatória, assim como qualidade da mesma em geral (empate 0-0 vs Alemanha e vitória por 6-0 vs Croácia, para já) no que toca às suas exibições ante Alemanha e Croácia. Já agora, achas justa ou injusta a tua não-chamada? Avira Desde já agradeço por achares que sou dos melhores avançados portugueses no entanto tenho que discordar, sou bom é um facto, esta época joguei muito é outro facto mas existem outros apesar de poucos que se mantém com uma qualidade superior à minha na linha da frente. Fiquei surpreso e revoltado isso também um é um facto. Considero o Terror uma pessoa justa, inteligente e totalmente capacitada para este tipo de decisões e estou confiante que consegue trazer o caneco. Quanto a tua pergunta, considero que ele não pensou nesse ciclo nem nos amigos da seleção, teve pouco tempo para a escolha dos jogadores e foi tudo muito em cima do pé. A convocatória está razoável, existem jogadores que não têm o calibre necessário e eu já falei com ele sobre esta questão mas confio tal como referi na capacidade dele para comandar a seleção à vitória. Temos que ser realistas, não são precisos jogadores que individualmente sejam muito bons basta ter jogadores que saibam e tenham capacidade para trocar a bola, um ou outro que tenha uma skill razoável para desequilibrar e um guarda-redes que seja bom na antecipação e na troca de bola no ataque mantendo-se sempre seguro e com um bom posicionamento. O trinco convém ser imprevisível, rápido nas decisões, bom a sair da defesa juntamente com o médio e uma boa visão de jogo. Penso que a convocatória apresenta jogadores que possam desempenhar todas estas características que referi tirando um ou outro. Quanto aos jogos, contra a Alemanha não vi mas penso que um empate foi bom para o primeiro jogo e contra a croácia, foi desmérito da croácia, vi o jogo e nós Portugal não jogamos nadinha, os avançados iam para o canto e não picavam a bola para o trinco, muitas bolas perdidas etc No canto é simples, picar a bola ou tentar desequilibrar, odeio quando os jogadores simplesmente carregam no X a toa e tentam spammar pela linha da baliza. Injusta, merecia um lugar na seleção, defendo bem e jogo simples. Pena ser um jogador underrated. 4 - Continuando a falar sobre o tópico da Seleção, não nos podemos esquecer daquilo que aconteceu na Nations Cup do ano passado. Na minha opinião, mudou o Haxball em Portugal, e, consequentemente, levou à retirada do melhor jogador português de sempre, Tortogol. Na minha ótica, quer gostem, ou não, dele foi um jogador que sempre se interessou pelo bem-estar da Seleção, assim como o próprio Terror, daí acreditar, por um lado e apesar de não concordar com todas as suas decisões na League of Nations, que foi a escolha mais acertada como Selecionador, e eu mesmo nem lhe decidi fazer frente, apesar de ter o beneplácito do Ron como tendo "prioridade" para dar azo à Seleção, pois acredito que a nossa Seleção precisa de paz, assim como o simples facto de sempre ter tido uma boa relação com o próprio Terror, desde a sua entrada na ESL pelos N2E, em 2013. Comenta todos estes acontecimentos. Acreditas que todos estes fatores despoletaram uma mudança radical no Haxball em Portugal, tanto a nível do próprio jogo em si, passando pela "falta de crença" dos jogadores mais antigos no que toca ao próprio Staff e jogo em si? Achas que a WHF fez, de forma positiva ou negativa, parte dessa "Mudança"? (caso acredites que a mesma existiu.) Avira O que aconteceu foi triste mas concordo contigo, Tortogol foi o melhor jogador português de sempre. Também partilho da opinião que ele sempre se interessou pelo bem-estar e o sucesso da seleção e de todo o haxball português no entanto sempre lhe faltou alguma cabeça e isso é importante. O terror tem isso tudo, cabeça e interesse pelo jogo, pela seleção e por tornar Portugal bem reconhecido la fora o que faz dele o melhor jogador português atualmente. Ainda bem que não fizeste frente, foi o mais acertado, é o terror ele sabe o que faz e faz sempre sem confusões e para que o melhor aconteça. Não acredito, isso é um mito. Essa “ falta de crença “ são as portas que se abrem na vida e deixa de haver tempo para o jogo, interesse como outros fatores. 5 - Finalmente, vem aquela que é para mim a pergunta mais aguardada: A tua candidatura à Seleção Nacional no ano passado. Na minha ótica, é aqui que as nossas histórias "se entrelaçaram" pela primeira vez. Na altura, como te deves lembrar, os teus opositores eram JOHN RAMBO e Tortogol, sendo eu um apoiante do JOHN RAMBO, e contribuido para que o mesmo quase levasse de vencido o Tortogol naquela "amostra de eleições". A única coisa que, na altura, discordei de ti foi teres entrado nessas eleições com uma postura de que não pretendias ganhar, ou melhor, "não ias ganhar" simplesmente porque o Tortogol tinha muito poder e influência no Haxball em Portugal. Na altura, a minha grande questão era a razão pela qual te candidataste se tinhas "consciência que irias perder". Fora isso, acredito que tinhas, e continuas a ter, boas ideias no próprio jogo em si, pois sei que não te candidataste em vão. Eu, pessoalmente, tomo atenção a todos os detalhes e pormenores e um dos nossos objetivos aqui, apesar de sermos uma comunidade internacional é começar por renascer o jogo em Portugal, daí considerar fulcral o retorno das equipas B, e quantas mais equipas B existirem, maior é a prova que um determinado número de equipas mostra um elevado nível de organização ao ponto de se reestruturarem de tal modo. Porém, com Terror no comando da Seleção Principal, acredito que a inclusão da Seleção Portuguesa B possa ter berço aqui, na WHF de modo a irmos preparando inteligentemente o dia de amanhã. A questão que te quero colocar é a seguinte: quais seriam as tuas metodologias, caso treinasses a equipa B de Portugal? O que exigirias aos convocados, a nível de jogabilidade e disciplina de modo a ser tornarem mais-valias futuramente para a equipa A? Avira Primeiramente começava por escolher um vasto lote de jogadores, conversava com eles sobre várias questões e depois preparava amigáveis contra equipas Portuguesas, equipas estrangeiras e seleções para avaliar cada jogador, cada movimento, tudo! A nível de jogabilidade teria de ver cada um dos jogadores e experimentar cada um deles mas basicamente sou apologista de uma pressão alta, encurtar os espaços do guarda-redes para o trinco caso seja Big-easy, muita troca de bola e uma saída rápida, claro que falar é fácil mas com treino é possível. A disciplina é importante, queria apenas jogadores de palavra e com cabeça, muita cabeça! A comunicação é essencial também, trabalharia nisso, trabalho coletivo. Gostava de salientar que caso treinasse a equipa B seria jogador igualmente porém se a convocatória tiver 8 jogadores eu sei o 9. Primeiro vocês e depois eu. Obrigado, grande abraço!
  7. disponivel
  8. Banshee , vejam e chorem tambem !
  9. Ahn? Es ator? Fazes novelas? Juraaaaa
  10. BELLA CIAO BELLA CIAO BELLA CIAOOOOOOOOO
  11. vis a vis de alex pina alguem ja viu?
  12. ACABEI AGR DE VER A PUTA DA SERIE JURO VOS CARALHO QUAL GOT QUAL QUE QUAL VIKINGS QUAL MERDA ALGUMA ISTO PASSOU OS LIMITES E A MELHOR MERDA Q JA VI NA MINHA VIDA VEJAM CARALHO MEU DEUS VIM ME TODO N PODE SERRRR VIMMMMMMMMMMMMMMMM ME
  13. N falho