Entre para seguir isso  
Visitante

Comunidade- Como estamos?

Recommended Posts

Visitante

Boa noite pessoal. Esta comunidade é recente mas o conceito é antigo! A comunidade Portuguesa sempre teve bastante adesão e raramente deixou-se de mantê-la activa e com competição. Mas estaremos a fazer o necessário? Será que podemos dizer que somos umas das melhores? Como não sou especialista na matéria, entrevistei um membro bastante antigo e experiente- @Tortogol. Esta entrevista serve para tentar perceber o seu ponto de vista e se devemos tomar mais atenção aos problemas, por ele, notados.

 

 

ZaKaria-Boa tarde, Torto.Depois de ver alguns textos teus, vi que tens uma opinião bem estruturada sobre a comunidade.Na tua opinião, porque é que o nível dos jogadores retrocedeu em relação ao passado?

Torto-Na minha opinião primeiro, porque nunca levaram o jogo muito a sério. É só para se divertirem e estar no convívio, mas como é normal em tudo, se não forem bons nem se dedicarem acabam por perder à piada do jogo, por ele ser (para eles) sempre a mesma coisa. Segundo, porque Portugal parou no tempo por não se dedicar exclusivamente ao modo mais jogado que é o 4v4 e por perder demasiado tempo nas outras coisas. Terceiro que é o mais ''grave'' é o facto de ninguém ter ido para o estrangeiro jogar, nas melhores ligas. Há um fosso gigantesco e muito maior do que há uns anos entre o nível aqui e nas melhores ligas, ou seja, o problema nem é a regressão da qualidade, é o facto de termos ficado parados no tempo e, infelizmente, a comunidade não tem criado condições para elevar o nível do 4v4, dado que beneficiam sempre os ''coitadinhos''. Por fim, acho que o último ponto é mesmo a mentalidade dos jogadores, porque acham que não perder é melhor do que tentar ganhar e desse modo nunca evoluem. Eu vejo jogadores que jogavam há 2/3 anos e continuam no mesmo nível e eles jogaram sempre da mesma maneira e com a mesma estratégia, gostam de ser ''pequeninos'' em questão de mentalidade, mas lá está isto é só um jogo e ninguém tem que ter a mesma dedicação, contudo acaba por ser um pouco contraditório, porque em vez de se divertirem e tentarem ganhar, fazem o contrário e tornam o jogo aborrecido para eles e para as outras pessoas. Outro factor nesta ideia é o facto de tentarem ser um tipo de jogadores que não são, querem todos ser os reis das tabelas e ser o Usain Bolt do haxball, mas esquecem-se que isso não é o mais importante. E ainda usam a desculpa de '' ah, no estrangeiro não me querem'', porque ninguém vos vai querer se não se mostrarem.

ZaKaria-Pensas que o nível do estrangeiro aumentou e adaptou-se  a novos estilos de jogo e Portugal simplesmente não os acompanhou? 

Torto-De encontro à pergunta anterior, sim. O nível no estrangeiro aumentou em termos de jogo coletivo, individualmente se calhar não há melhores jogadores do que havia antes, mas está diferente. Menos espaço, mais rápido e mais tático. Portugal continua a ter jogadores com boa skill, mas sem inteligência suficiente e conhecimento do jogo para estarem no topo e isso é o mais importante, para mim, não o contrário. 

ZaKaria- Então, achas que a inclusão de mais estrangeiros podia ser benéfico para a comunidade?

Torto-Quantos aos estrangeiros aqui, claro que não. Acho que nem tem discussão possível. Ia ser mais uma liga de mercenários e iamos acabar por ter uma primeira divisão cheia de estrangeiros e os portugueses iam para a segunda divisão e acabavam por se desmotivar. A maioria das ligas agora é assim e ainda é das coisas que Portugal tem de bem. Uma coisa que as equipas portuguesas podiam fazer era jogar mais amigáveis no estrangeiro e treinarem contra equipas boas.

ZaKaria-Quais os problemas que encontras pela pouca evolução? Tens Boas sugestões para trazer de volta a "geração de ouro"?

Torto-Acho que o nome de Portugal neste jogo é o mais importante e o que sofre mais com esta pouca evolução. Há uns anos, só me conheciam a mim, depois com as boas prestações de Portugal, muitos surgiram lá para fora e Portugal cimentou um lugar nas competições. Jogadores como o Dark, Simply, Xuxa, Duke, Renato, Pedrogol, Terror, Pringles continuam a ser os  poucos que as pessoas conhecem e isso acaba por ser mau. Se perguntarem a algum jogador das melhores ligas 10 jogadores portugueses dificilmente vos dirão, porque não conhecem. E se perguntarem os 50 melhores jogadores de sempre, se calhar nem 1 ou 2 portugueses vão dizer. E até posso dar outro exemplo, mais recente, para as pessoas terem noção. Os FSK e os FC tiveram numa das melhores ligas e não tiveram resultados por aí alem. Os FC inclusive esta época, salvo erro, têm tudo derrotas e são das melhores equipas em Portugal. Os BLACKOUT que devem estar top1/top2 de melhores equipas atualmente e de há uns anos para cá, levaram 12(ou perto) na HCL, um autêntico rape. E não podem exigir mais, porque é esta realidade.

Se ''geração de ouro'' for aquela que ganhou a Nations, é muito difícil voltar a acontecer. Isto é um jogo e embora hoje em dia se possa viver, e bem, com alguns jogos a verdade é que o haxball ainda não permite isso nem sei se vai permitir, e cada um tem a sua vida. Pode aparecer outra claro, mas pelo que tenho visto vai demorar bastante. Mais depressa volta pessoal antigo à forma do que aparece uma nova ''geração de ouro''.

ZaKaria-Se tivesses na liderança que medidas tomavas para garantir um futuro mais de sucesso? 

Torto- única coisa que eu fazia e acredito que ia ter sucesso a médio-longo prazo era mudar algumas regras e inovar. Basta pensar um pouco, porque é que a Polónia e equipas polacas rapam quase tudo no RS? Porque é que as equipas turcas e na Turquia são muito fortes, as mais fortes no geral, imo. ? Eu sei a resposta, mas pensem ou pesquisem isso e vão ter uma conclusão tão simples e lógica.

Em suma, a alteração que fazia era mudar a regra de 3def, talvez aumentar o tempo de jogo, estruturar bem melhor o calendário e não perder tempo com coisas da creche. Mas todas estas alterações visavam apenas uma coisa: beneficiar quem tenta jogar bem e não o contrário (que é o que acontece), obrigar as equipas a atacar e a saberem passar, etc de modo a que quem passa o tempo todo a fazer anti-jogo e a defender não saia (tão) beneficiado. Porque alguém só evolui se errar e a partir do momento em que 95% das equipas querem jogar no erro do adversário então vejam a quantidade de pessoas que nunca evolui.

ZaKaria- Obrigado Torto pelas respostas e tempo dispendido!

 

E esta foi a análise do Torto. Concordam com esta visão? Acham que há pontos não tão corretos ou partilham de outras ideias? Comentem em baixo e iniciaremos uma boa discussão!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

os fc ja nao tem apenas derrotas @Tortogol

e pessoalmente concordo com essa visão de termos parado no tempo e termos poucos jogadores a representar-nos no estrangeiro, se bem que agora temos mais alguns mas ainda poucos com algum "nome"

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ora... Concordo com alguns aspetos. É de facto um modo de falar muito cru o do Torto. Em relação aquilo de errar e jogar para ganhar... Meh... Tens de dar alguma luz, alguma clareza nesse raciocínio. As equipas, algumas delas, têm uma ideia de jogo. Os jogadores têm modos de jogar. Claro que, jogadores como eu, por exemplo, querem jogar, querem ganhar e querem acima de tudo, evoluir. É possível conciliar isto tudo? É... Portanto, pode se perfeitamente adotar estilos de jogo mais cautelosos, numa fase mais prematura da carreira e poder evoluir à mesma. Há salas específicas para se treinar. Há amigáveis, há drafts. Agora não peçam para ir para os ofcs jogar olhos nos olhos contra equipas claramente superiores a nível individual, sem medo de errar, só porque vamos evoluir assim... Mas é como dizes. Infelizmente isto é só uma diversão. Se conhecesse isto quando era mais novo dedicava me a tempo inteiro, mas agora há mais em que pensar... E é muito isso que está a acontecer, a meu ver em Portugal. A comunidade está a ficar "envelhecida". As pessoas deixam de jogar não porque deixam de gostar, mas sim porque já não podem, a maioria... 

Um abraço, foi a minha opinião 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
55 minutos atrás, selet disse:

os fc ja nao tem apenas derrotas @Tortogol

e pessoalmente concordo com essa visão de termos parado no tempo e termos poucos jogadores a representar-nos no estrangeiro, se bem que agora temos mais alguns mas ainda poucos com algum "nome"

Caralho, ainda hoje ganhamos 4-0 !!!!

  • Gosto 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Guest Tortogol
2 horas atrás, Shaw disse:

Ora... Concordo com alguns aspetos. É de facto um modo de falar muito cru o do Torto. Em relação aquilo de errar e jogar para ganhar... Meh... Tens de dar alguma luz, alguma clareza nesse raciocínio. As equipas, algumas delas, têm uma ideia de jogo. Os jogadores têm modos de jogar. Claro que, jogadores como eu, por exemplo, querem jogar, querem ganhar e querem acima de tudo, evoluir. É possível conciliar isto tudo? É... Portanto, pode se perfeitamente adotar estilos de jogo mais cautelosos, numa fase mais prematura da carreira e poder evoluir à mesma. Há salas específicas para se treinar. Há amigáveis, há drafts. Agora não peçam para ir para os ofcs jogar olhos nos olhos contra equipas claramente superiores a nível individual, sem medo de errar, só porque vamos evoluir assim... Mas é como dizes. Infelizmente isto é só uma diversão. Se conhecesse isto quando era mais novo dedicava me a tempo inteiro, mas agora há mais em que pensar... E é muito isso que está a acontecer, a meu ver em Portugal. A comunidade está a ficar "envelhecida". As pessoas deixam de jogar não porque deixam de gostar, mas sim porque já não podem, a maioria... 

Um abraço, foi a minha opinião 

A questão é: Tu só vais ser um bom jogador ou jogador de topo quando conseguires fazer aquilo que pensas com a bola, certo? Isto é puramente lógico. Nunca vais ser um bom jogador se falhares passes, se não acertares doubles ou outras skill's básicas ou mais avançadas. Agora explica-me tu como vais adquirir essa sensibilidade/relação com a bola se passares os jogos todos a defender e não tocares na bola 90% do tempo? É impossível.

É que só ganhas algo quando errares 50 vezes ou mais, se só tiveres confiança para arriscar e jogar olhos nos olhos com quem é do teu nível ou inferior então nunca vais passar disso a partir de um certo ponto. É no erro que evoluis, não é em mais nada. E para mim, primeiro sempre a skill depois o conhecimento, porque podes saber o jogo todo, se não souberes fazer tudo com a ''carica'' nunca te vais safar

2 horas atrás, selet disse:

os fc ja nao tem apenas derrotas @Tortogol

e pessoalmente concordo com essa visão de termos parado no tempo e termos poucos jogadores a representar-nos no estrangeiro, se bem que agora temos mais alguns mas ainda poucos com algum "nome"

Quando fiz a entrevista só tinham ganho o jogo da taça.

Editado por Tortogol

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Fanatic disse:

Caralho, ainda hoje ganhamos 4-0 !!!!

hoje ganhamos 4-0 de novo ou tas a falar de ontem (anteontem)? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
7 horas atrás, Bluzzer disse:

Porque é que é sempre o Torto a ser o entrevistado? xD

Neste caso; pensei ser a pessoa mais adequada para esta entrevista!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, Tortogol disse:

A questão é: Tu só vais ser um bom jogador ou jogador de topo quando conseguires fazer aquilo que pensas com a bola, certo? Isto é puramente lógico. Nunca vais ser um bom jogador se falhares passes, se não acertares doubles ou outras skill's básicas ou mais avançadas. Agora explica-me tu como vais adquirir essa sensibilidade/relação com a bola se passares os jogos todos a defender e não tocares na bola 90% do tempo? É impossível.

É que só ganhas algo quando errares 50 vezes ou mais, se só tiveres confiança para arriscar e jogar olhos nos olhos com quem é do teu nível ou inferior então nunca vais passar disso a partir de um certo ponto. É no erro que evoluis, não é em mais nada. E para mim, primeiro sempre a skill depois o conhecimento, porque podes saber o jogo todo, se não souberes fazer tudo com a ''carica'' nunca te vais safar

Mas lá está, isso tem que ser oficiais? Não creio, há outros jogos em que é mesmo para errar 

  • Gosto 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Partilho da mesma ideia do Torto no que se refere à  atitude. Só levando o jogo a sério como se fosse um trabalho é  que se consegue evoluir rapidamente. Como ele referiu,  para a maior parte é  apenas um passatempo e isso pode ser a chave para a pouca evolução em relação  a outras comunidades. Eu digo que , por experiência própria,  sempre levei o jogo como um jogo apenas e nunca dei tudo por tudo para melhorar, tenho passado de cancro para quisto,  mas demorou 4 anos gg wp

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Guest Tortogol
4 horas atrás, Shaw disse:

Mas lá está, isso tem que ser oficiais? Não creio, há outros jogos em que é mesmo para errar 

Deve ser em oficiais claro. Que jogos é que outras pessoas levam a sério?

Para mim claro o problema é que as pessoas aqui em Portugal pensam que só ganham se defenderem ou acamparem , e é totalmente diferente da Turquia onde toda gente ataca e tu na Turquia vês 80% jogadores bons e 20% nabos e aqui o contrário, vês a diferença? Os jogos oficiais dão outra estaleca, porque não é a defenderes a vida toda e depois lembrares-te "vou atacar", isso não existe é utópico. Basta veres a antiga equipa dos FC que metiam 3 na baliza quase todos jogos, de um ano para cá o quanto eles evoluíram? Para mim zero. Eu não convoquei o Big7up para a seleção porque ele não pensava em atacar, só defender e no ataque era quase nulo, só despachava a bola para a frente. Agora ele já faz mais algumas coisas e no espaço de alguns meses tá MT melhor , e os FC tão melhores? Em termos de classificação não, mas têm MT mais hipóteses do que tinham antes. 

Basicamente é: tu demoras 2/3 anos para atacares bem (com tudo o que isso engloba, se fizeres um bom trabalho), enquanto que demoras 4/5 meses a aprender a defender minimamente bem. Se não arriscares nos oficiais e em todo lado, de nada serve. Claro que 1v1/2v2 ajuda muito também, e quanto mais a sério for melhor.

Editado por Tortogol

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Torto, devias valorizar mais o que tens cá em Portugal. Dizer que 20% são jogadores bons e 80% são nabos é um tamanho disparate. Nesse aspecto até somos bastante equilibrados.

  • Gosto 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 minutos atrás, Bluzzer disse:

Torto, devias valorizar mais o que tens cá em Portugal. Dizer que 20% são jogadores bons e 80% são nabos é um tamanho disparate. Nesse aspecto até somos bastante equilibrados.

A tua noção do que é ser bom é diferente da do Torto, e da minha também. Ser bom, não é simplesmente não ser noob. Nesse aspeto concordo com o Torto. Os tais 4/5 meses já eu tenho e o que de facto me tenho apercebido e que ele salientou, é que para se tornar realmente bom em termos ofensivos leva o seu tempo, não basta saber posicionar se e spamar o ser bom nas tabelas, trata se de ser imprevisível, eficaz, criar desiquilibrios, ser rápido a pensar e a agir.

Obrigado pelas palavras 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Guest Tortogol
23 minutos atrás, Bluzzer disse:

Torto, devias valorizar mais o que tens cá em Portugal. Dizer que 20% são jogadores bons e 80% são nabos é um tamanho disparate. Nesse aspecto até somos bastante equilibrados.

Eu digo que 20% são bons e dizes que estou a desvalorizar?? Para mim bons são jogadores que jogavam lá fora e não eram completamente atropelados e humilhados, portanto acho que até exagerei em boa conta. A diferença para mim está que Turquia tem 20/30 jogadores de alto gabarito e Portugal tem 3/4, é uma diferença enorme. Nós aqui nem uma seleção de alto nível temos, eles conseguem fazer pelo menos 4.. É como eu digo, as pessoas não têm noção do nível que está lá fora e pensam que continuamos a dominar, mas não mesmo.

11 minutos atrás, Shaw disse:

A tua noção do que é ser bom é diferente da do Torto, e da minha também. Ser bom, não é simplesmente não ser noob. Nesse aspeto concordo com o Torto. Os tais 4/5 meses já eu tenho e o que de facto me tenho apercebido e que ele salientou, é que para se tornar realmente bom em termos ofensivos leva o seu tempo, não basta saber posicionar se e spamar o ser bom nas tabelas, trata se de ser imprevisível, eficaz, criar desiquilibrios, ser rápido a pensar e a agir.

Obrigado pelas palavras 

É exatamente isso. Eu acho que as pessoas fazem ao contrário. Em vez de investirem tempo a saber controlar o boneco e fazer aquilo que pensam, perdem demasiado tempo a não arriscar e com medo e ''crescem'' assim no jogo, fazendo com que estagnem completamente.

 

 

Editado por Tortogol

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Tortogol

Não te esqueças que já fomos os melhores da europa, e tinhamos na mesma 3 ou 4 jogadores de topo. 

Isto para mim é uma questão de mentalidade, cada pessoa tem uma forma diferente de ver o jogo e de interpretá-lo, tu valorizas umas coisas e outros valorizam outras.

Mas eu concordo contigo, aliás, sempre que joguei contigo ganhamos e dominamos, agora é que tá fodido porque não há ritmo.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O problema é que ele não está a exagerar, a diferença de qualidade é gigante. E só não vê isso quem não quer. No entanto, individualmente temos bons jogadores, é mais ou menos isso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Guest Tortogol
25 minutos atrás, Dark disse:

@Tortogol

Não te esqueças que já fomos os melhores da europa, e tinhamos na mesma 3 ou 4 jogadores de topo. 

Isto para mim é uma questão de mentalidade, cada pessoa tem uma forma diferente de ver o jogo e de interpretá-lo, tu valorizas umas coisas e outros valorizam outras.

Mas eu concordo contigo, aliás, sempre que joguei contigo ganhamos e dominamos, agora é que tá fodido porque não há ritmo.

 

Mas com outro tipo de mentalidade nunca vão conseguir aquilo que conseguimos, é essa a questão.

 

 

_:_____________________________________________________________________________________

 

Eu vou tentar completar o meu raciocínio de modo a que entendam melhor:

Noob: Não sabe controlar a bola, não tem qualquer noção de como se posicionar, etc

Jogador mediano: Tem umas noções de como se posicionar e controla o básico. Mas quando tem jogadores muito bons/bons pela frente é totalmente sufocado.

Bom jogador: Tem uma técnica boa, consegue desiquilibrar +/-, mas já consegue fazer algumas coisas contra boa oposição e sabe como se posicionar contra equipas boas/medianas, porque se safa com a qualidade individual.

Muito bom: Com a skill consegue manter a bola no canto contra 95% dos jogadores, sabe passar, etc. Em suma, aquilo que pensa consegue executar quase na perfeição. Tem um posicionamento razoável, sabe defender e acampar quando preciso.

Elite: É um upgrade do muito bom, consegue executar tudo o que pensa e sabe adaptar-se a qualquer circunstância do jogo.

 

Agora vou dar um exemplo. Para mim o melhor jogador PT de longe atualmente, o Pringles. Tem lugar em qualquer equipa do mundo e é top 3 facilmente de gk's. Eu meti o Pringles nos Morelucks (isto ele pode confirmar) e o Pringles tinha uma técnica excelente, era um jogador bom/muito bom. O resto do caminho ele fez sozinho, vocês devem lembrar-se do Pringles como um jogador inconsistente, com muita técnica e que desiquilibrava, mas em alguns momentos ele era instável, tinha falhas de posicionamento, etc. Como é que ele atingiu o nível? A jogar com os melhores, mas a BASE ele já tinha. Ele já dominava as tabelas, o passe, spam, essa treta toda. Já sabia o que fazer com a carica. O resto ele aprendeu a errar, contra a melhor oposição e a jogar com os melhores e agora é um jogador de elite.

Eu também só jogava 1v1 dantes e foi assim que ganhei técnica, mas o resto aprendi e consegui impor-me na elite, porque o controlo eu já tinha, só faltava aprender o resto (que se aprende bem rápido)

O que para mim acontece é que Portugal tem uma gigante parte que se encontra no jogador mediano e o máximo que atinge é passado muito tempo o ''Bom jogador'' isto porque fazem as coisas ao contrário.  Um bom jogador que se saiba posicionar e não tenha tanta skill vai ter muitas mais dificuldades a avançar de nível, porque a skill/técnica não se aprende, ganha-se com o tempo e com o ''erro''. Agora o contrário, jogadores de skill pura, mas que são baratas tontas podem atingir um nível muito melhor, porque ,de facto, aprende-se (isto já da para aprender) a posicionar-se, cobrir, etc.

Para mim é lógica. É como ensinar putos de 5/6 anos a jogar futebol e começar por dar-lhes táticas de contenção, como defender, etc acham que é por aí que eles podem começar? Claro que não. Nem os melhores centrais, gk's começam por aí.

Não dá para ensinar ninguém a jogar se não tiverem matéria prima (controlo da carica).
É como jogar CS e a primeira coisa que faz é estudar os mapas em vez de aprender a acertar nos bonecos, não faz sentido.

Editado por Tortogol

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma coisa em que concordei bastante com o Torto e que não esta a ter muita importância é o tempo de jogo, acho que 7 Minutos é pouco e deviamos aumentar...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
33 minutos atrás, Branco disse:

Uma coisa em que concordei bastante com o Torto e que não esta a ter muita importância é o tempo de jogo, acho que 7 Minutos é pouco e deviamos aumentar...

Para quanto?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, gon disse:

Para quanto?

9/10 Minutos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Guest Tortogol

10 minutos parece me o mais sensato dado que todas as competições maiores são de 10 minutos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho acompanhado esta discussão com olhos atentos,e há 3 coisas que quero corrigir,sendo que o resto moreorless é facto/verdadeiro na minha ótica.

1.N há NENHUMA,e repito,NENHUMA liga (a HCL e a NC são taças) que tenha 10min em cada parte por jogo,o tal país que vcs falam maravilhas,a Turquia,até joga menos tempo que nós,os jogos lá são 1 parte de 12mins,portanto sem dúvida que o problema n está aí,secalhar até está no facto de jogarmos muitas vezes >1 oficial por dia,coisa que n vejo turcos a fazer,jogam no máximo 2 para n perderem o foco e terem best perfomance possible.

2.É preciso ser muito utópico para achar que portugal alguma vez dominou este jogo só porque ganhou 1 nations cup em 2013,essa mesma nations cup que teve umas semi finais portugal - polónia em que a equipa que merecia ter passado á final n eramos nós,era como esta seleção portuguesa de realsoccer ter ganho a nations cup e dizermos que dominávamos o realsoccer quando houve aqueles oitavos portugal - itália em que fomos humilhados,sim,humilhados,porque o nº d oportunidades FLAGRANTES da equipa adversária passou de uma dezena,sim,>10 oportunidades num jogo de haxball que era suposto ser jogado por pessoal de topo,visto ser suposto os melhores executantes do país estarem lá,não que não estivessem,busquei isto simplesmente para arranjar 1 paralelismo entre as 2 situações.

2.1 Lembrei-me disto agora,mas algum jogador pt já ganhou uma hcl 4x4? Pois,agora imaginem o que ainda nos falta para ganharmos COMO equipa PT(PORTUGUESA),isto é,para n haver confusões,uma equipa com 4 jogadores dentro d campo q sejam portugueses.

3. Não seguir as nossas melhores hipóteses para ganhar 1 jogo devido a poesia,isto é,tentar jogar olhos nos olhos com o adversário,é contar-nos a nós mesmos 1 mentira,pq se não executarmos o que achamos realmente ser as nossas melhores hipóteses para ganhar 1 jogo (e adivinhem,ganhar é o objetivo do jogo,UAU),não estamos a evoluir tão rápido como podiamos caso seguissemos o "resultadismo",porque se o objetivo do jogo é ganhar e o teu maior foco não é ganhar,então tás mais distante de ganhar no futuro do que podias tar,porque NÃO VAIS SABER o que é preciso fazer para ganhar,porque pá ,moreorless,sempre te tiveste a cagar para isso,logo n tens a skill\knowledge para ganhar o jogo.

Editado por Ter

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
24 minutos atrás, Ter disse:

2.É preciso ser muito utópico para achar que portugal alguma vez dominou este jogo só porque ganhou 1 nations cup em 2013,essa mesma nations cup que teve umas semi finais portugal - polónia em que a equipa que merecia ter passado á final n eramos nós

Em 2013/2014 nós eramos considerados os melhores da Europa, não por ganharmos a Nations mas sim porque jogavamos bue, não sei se te lembras mas foi nessa época que os EC ganharam a CL 2 vezes. O que estás a dizer em relação a esse jogo na minha opinião não é certo, o jogo foi equilibrado, a nossa sorte é que acabamos por ser felizes no golo de ouro.

Acho que deturpaste um pouco as coisas, eu disse que tinhamos 3/4 jogadores de topo e não uma nação, são coisas diferentes. E esses 3/4 jogadores jogavam nas melhores equipas europeias lá fora ao mais alto nivel, eu jogava nos AoD e DG, o Torto sempre andou nessas andanças e o Mark só não jogava porque não queria, mas tinha lugar em qql team. 

Nenhuma equipa PT ganhou uma CL 4v4 mas já houve jogadores Portugueses a estarem nas finais, tanto eu como o Torto já lá estivemos, o Torto ganhou uma penso eu e eu só não ganhei porque um pato chamado ROCKY BALBOA decidiu armar-se em tone na final.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Guest Tortogol
37 minutos atrás, Ter disse:

Tenho acompanhado esta discussão com olhos atentos,e há 3 coisas que quero corrigir,sendo que o resto moreorless é facto/verdadeiro na minha ótica.

1.N há NENHUMA,e repito,NENHUMA liga (a HCL e a NC são taças) que tenha 10min em cada parte por jogo,o tal país que vcs falam maravilhas,a Turquia,até joga menos tempo que nós,os jogos lá são 1 parte de 12mins,portanto sem dúvida que o problema n está aí,secalhar até está no facto de jogarmos muitas vezes >1 oficial por dia,coisa que n vejo turcos a fazer,jogam no máximo 2 para n perderem o foco e terem best perfomance possible.

2.É preciso ser muito utópico para achar que portugal alguma vez dominou este jogo só porque ganhou 1 nations cup em 2013,essa mesma nations cup que teve umas semi finais portugal - polónia em que a equipa que merecia ter passado á final n eramos nós,era como esta seleção portuguesa de realsoccer ter ganho a nations cup e dizermos que dominávamos o realsoccer quando houve aqueles oitavos portugal - itália em que fomos humilhados,sim,humilhados,porque o nº d oportunidades FLAGRANTES da equipa adversária passou de uma dezena,sim,>10 oportunidades num jogo de haxball que era suposto ser jogado por pessoal de topo,visto ser suposto os melhores executantes do país estarem lá,não que não estivessem,busquei isto simplesmente para arranjar 1 paralelismo entre as 2 situações.

2.1 Lembrei-me disto agora,mas algum jogador pt já ganhou uma hcl 4x4? Pois,agora imaginem o que ainda nos falta para ganharmos COMO equipa PT(PORTUGUESA),isto é,para n haver confusões,uma equipa com 4 jogadores dentro d campo q sejam portugueses.

3. Não seguir as nossas melhores hipóteses para ganhar 1 jogo devido a poesia,isto é,tentar jogar olhos nos olhos com o adversário,é contar-nos a nós mesmos 1 mentira,pq se não executarmos o que achamos realmente ser as nossas melhores hipóteses para ganhar 1 jogo (e adivinhem,ganhar é o objetivo do jogo,UAU),não estamos a evoluir tão rápido como podiamos caso seguissemos o "resultadismo",porque se o objetivo do jogo é ganhar e o teu maior foco não é ganhar,então tás mais distante de ganhar no futuro do que podias tar,porque NÃO VAIS SABER o que é preciso fazer para ganhar,porque pá ,moreorless,sempre te tiveste a cagar para isso,logo n tens a skill\knowledge para ganhar o jogo.

Falas bem dos turcos e falas depois em resultadismo. É algo que não faz sentido porque os turcos são tudo menos resultadistas nas outras competições. 

A questão nessa altura era que eu Mark e Dark jogávamos em qualquer equipa. 

De resto, concordo contigo. Mas para mim Portugal não ganhou porque nas CLs acampa sempre e depois não tem qualidade individual para resolver. O que quero enaltecer com estas medidas e pensamento é o UPGRADE das qualidades individuais que é o que para mim tem lacunas. Mas agora é preciso aqui com equipas da mm qualidade ou quase praticar um jogo ofensivo para alguém melhorar individualmente. Eu entendo o que tás a dizer, as equipas turcas na CL e isso também acampam e defendem MAS nos outros campeonatos não. E isso dá lhes estofo individual

Editado por Tortogol

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, Dark disse:

Em 2013/2014 nós eramos considerados os melhores da Europa, não por ganharmos a Nations mas sim porque jogavamos bue, não sei se te lembras mas foi nessa época que os EC ganharam a CL 2 vezes. O que estás a dizer em relação a esse jogo na minha opinião não é certo, o jogo foi equilibrado, a nossa sorte é que acabamos por ser felizes no golo de ouro.

Acho que deturpaste um pouco as coisas, eu disse que tinhamos 3/4 jogadores de topo e não uma nação, são coisas diferentes. E esses 3/4 jogadores jogavam nas melhores equipas europeias lá fora ao mais alto nivel, eu jogava nos AoD e DG, o Torto sempre andou nessas andanças e o Mark só não jogava porque não queria, mas tinha lugar em qql team. 

Nenhuma equipa PT ganhou uma CL 4v4 mas já houve jogadores Portugueses a estarem nas finais, tanto eu como o Torto já lá estivemos, o Torto ganhou uma penso eu e eu só não ganhei porque um pato chamado ROCKY BALBOA decidiu armar-se em tone na final.

 

Todos sabemos que a CL 3v3 n vale mto,é 1 competição e como qualquer competição é para jogar para ganhar,mas não se compara a uma hcl 4v4 ou mesmo algumas ligas de 4v4.A parte de um jogador pt ainda n ter ganho uma hcl foi uma beca sujo de minha parte usar,visto tu já teres estado numa final,e num jogo quase tudo pode acontecer né,é 1 amostra pequena,calhou perderes mas podias ter ganho,mas era para servir como 1 espécie de terapia de choque para a realidade,foi essa a ideia.

5 minutos atrás, Tortogol disse:

Falas bem dos turcos e falas depois em resultadismo. É algo que não faz sentido porque os turcos são tudo menos resultadistas nas outras competições. 

A questão nessa altura era que eu Mark e Dark jogávamos em qualquer equipa. 

De resto, concordo contigo. Mas para mim Portugal não ganhou porque nas CLs acampa sempre e depois não tem qualidade individual para resolver. O que quero enaltecer com estas medidas e pensamento é o UPGRADE das qualidades individuais que é o que para mim tem lacunas.

Tu e Dark top5 europa (na altura) na posição em q jogavam,mark (na altura) top10 europa na posição em q jogava,se for assim concordo.Tu podes ver o quanto os turcos são resultadistas e na sua maneira de defender em 4 jogos de HCL (Brentford-YeS,Lux Aeterna - Stiff Wind;Gladiators - Stiff Wind)Pas de Nom - Seeders,que são os jogos onde tudo dá tryhard,sendo a HCL,a L1 e a Haxlife as ligas onde isso acontece,e onde curiosamente todo o turco de renome joga/tenta jogar lá.

Em relação á última frase,portugal perde n é devido á estratégia de jogo,mas sim á falta do tal resultadismo existente aqui,depois quando tentam lá fora fazer isso,óbvio que perdem,pq têm - experiência a fazê-lo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Entre para seguir isso  

  • Quem Está Navegando   0 membros estão online

    Nenhum usuário registrado visualizando esta página.